// Trabalho de Graduação

A LOGÍSTICA DOS TRANSPORTES NO TURISMO: UM ESTUDO DE CASO EM AGÊNCIAS DE TURISMO DA MESORREGIÃO DE BAURU

Rodrigo Bonadio Bonelli

Acompanhando o crescimento, nas últimas décadas, do setor de serviços no Brasil, a atividade turística passa a exercer maior representatividade na economia do país, aumentando, consequentemente, o fluxo de transporte de pessoas. A partir da necessidade de um desenvolvimento organizado da atividade surgem políticas públicas voltadas para o turismo e direcionadas à logística de transportes. Em um país com dimensões continentais como o Brasil o transporte aéreo regional assume um importante papel uma vez que se faz necessária a integração de diversas regiões do país para o desenvolvimento da atividade turística. Nessa conjuntura, os processos logísticos de integração modal tornam-se imprescindíveis para o fomento da atividade turística, principalmente do modal aéreo com o rodoviário. Assim, este trabalho tem como objetivo analisar as relações atuais da logística inserida no Plano Nacional de Turismo (2007-2010) tendo como norteadora a visão de uma rede de agências de turismo brasileira que abrange todo o território nacional. Para tanto, delimitou-se a amostra para um estudo de caso múltiplo abrangendo as agências de uma rede de agências de turismo localizadas na mesorregião de Bauru, utilizandose pesquisa survey por intermédio de um questionário com perguntas fechadas, visando uma abordagem quantitativa e uma entrevista guiada na agência do município de Lins, objetivando uma abordagem qualitativa. Como resultado, obtevese que a perspectiva das agências de turismo pesquisadas vai de encontro com as metas traçadas pelo Macroprograma Logística de Transportes do Plano Nacional de Turismo (2007-2010), principalmente no que tange a importância da integração entre modais de transporte para o aumento da oferta turística e estímulo da demanda. O cenário atual, apesar de ser insatisfatório, demonstra-se promissor, na visão das agências de turismo, devido ao fato das ainda recentes, porém implementadas diretrizes de desenvolvimento do turismo brasileiro, com importância devida à logística de transportes, componente essencial da atividade. Com a crise no continente Europeu, a América do Sul vem se consolidando como um importante destino e polo emissor de turistas ao passo que o Brasil está cada vez mais integrado com seus países minimizando os processos burocráticos para circulação de turistas. A logística de transportes é considerada o principal gargalo para integração de diversos destinos regionais em um único pacote turístico baseada na falta de infraestrutura que permita conexões intermodais e na necessidade da descentralização dos voos nos grandes aeroportos brasileiros, criando hubs regionais. Por fim, constatou-se que políticas públicas voltadas ao turismo são essenciais, na visão das agências de turismo, para o desenvolvimento organizado da atividade no Brasil. Este trabalho demonstrou a importância de futuras pesquisas envolvendo o tema, se possível for, em maiores dimensões de abrangência....

Curso: Logística
Orientador: Silvio Ribeiro
Palavras Chaves: Turismo. Plano Nacional de Turismo. Logística. Logística de Transportes. Agências de Turismo.
Desenvolvido por Felipe Maciel (: